Thursday, 18 March 2010

LUTE PELA PRESERVAÇÃO DA LAGOA


O prefeito dário berger pretende obrigar a comunidade da lagoa a engolir edifícios de 3, 4 e até mesmo 6 andares.

O zoneamento do novo plano diretor elaborado pelo ipuf (órgão da prefeitura) e por uma empresa argentina chamada “fundação cepa” é um deboche aos interesses dos moradores da lagoa da conceição!!

Nas fases iniciais da construção do chamado plano diretor participativo, a comunidade lutou e deixou claro seu desejo pelo gabarito máximo de 2 andares para as edificações construídas na lagoa, conforme regulamenta a atual lei municipal 99/2002 de autoria do ex-vereador xandi fontes.

O prefeito dário berger preferiu atender aos interesses da construção civil e da especulação imobiliária e levará para votação na câmara de vereadores no próximo dia 23 de março um plano diretor que permitirá a construção de edifícios de 3 andares em todo o distrito da lagoa, 4 andares em outra área e até mesmo 6 andares, em um terreno de propriedade de uma grande construtora!!
Além desse absurdo, dário berger pretende manchar as paisagens do principal cartão postal de florianópolis e deixar menos protegido o meio ambiente natural da lagoa da conceição, pois:

- o novo plano diretor não cria nenhuma unidade de conservação nova nem amplia os atuais parques municipais da lagoa;

- o novo plano diretor não oferece mais restrições a ocupação das atuais “áreas de preservação limitadas – apls” localizadas em costões ainda virgens como o canto do gravatá;

- o novo plano diretor permitirá edificações de até 3 andares nas atuais “áreas de preservação limitada – apls” localizadas em todos os costões da lagoa;
Esperamos que a imprensa em geral denuncie esse absurdo que o prefeito dário berger pretende oferecer à cidade no próximo dia 23 de março, aniversário de florianópolis.

No entanto, somente a opinião pública e a comunidade da lagoa podem pressionar o prefeito dário berger e os vereadores para impedir que este absurdo saia do papel e vire lei.

Acessos

Search