Thursday, 4 November 2010

Politica e Religiao - Coincidencia do acaso?

Muito prazer, meu nome e Ben. Sou esse que escrevo, o mesmo das fotos, o mesmo na rua, em casa, com a familia, com os amigos, o mesmo com Deus.

Agora dificil seria fazer a apresentacao de muitos que se dizem cristaos. Muitos ao ler esse aritgo na tentativa de achar uma explicacao para os proprios erros, vao dizer que eu estou revoltado, ou que estou sendo usado por uma forca maligna. Erraram!

Amo de coracao as igrejas, as musicas, e muitas pessoas que la se encontram, e pra surpresa de muitos pratico solitariamente algumas doutrinas sem me exibir pra ninguem.

O que venho falar atraves deste, e que estou cansado de ouvir sermoes de secretaria eletronica, cansei de ouvir musicas no “repeat”, e muito mais insatisfeito por muitas pessoas por nao terem identidade propria, usurpam a identidade da igreja para se sentirem diferentes no meio da multidao.

E um desprazer imenso ver um lindo coral cantando, e conseguir detectar seis ou mais integrantes do mesmo grupo que trancavam as pernas bebados dois dias antes. Muito mais desprazer e saber que o pastor da sua igreja, era o cara que levava todo mundo pra roda de drogas e algazarras na epoca da faculdade teologica.

Acredito profundamente na mudanca divina, vim ao ponto justamente para explicar que hoje falar de Jesus, atraves de qualquer mensagem, veio a ser um ponto comercial, uma venda de uma imagem pre-fabricada para aqueles que nao sao capazes de criar sua propria personalidade.

Cantar, falar, orar em nome de Jesus tornou-se uma coisa linda, tornou-se um estilo de vida. As pessoas acostumam tanto a falar, cantar e orar, que podem fazer isso a todo e em qualquer momento. Sabe um atendente de telemarketing, ou de compania telefonica? Acho que e a comparacao mais proxima que posso chegar. Ligam o piloto automatico e disparam aquilo que aprenderam nos massantes chas de cadeira ao longo da vida. Levar a mensagem de Cristo acabou virando seu trabalho e nao mais sua verdadeira fe.

Usam a vestimenta de cristao, por que e legal, e da moda. Falam, falam e falam, mas nao sabem o que dizem, por isso nunca sabe o que fazem. Muitos pregam “ - Essa noite eu tenho um sentimento que Jesus fara um milagre”... parafraseando o famoso evangelista Alejandro Bullon, e na noite seguinte cantam - “ I gotta a feeling that’s night is gonna be a good night”... parafraseando Black Eyed Peas, ou quem sabe o ritmado David Guetta.

Os ditos "cristaos" feito da igreja um partido politico, voce pode entrar e participar do jeito que quiser, tanto que faca tudo em sigilo absoluto, e continue mantendo a imagem de entidade filantropica. Igualzinho na politica, todo mundo envolvido em corrupcao, mas o nome do partido continua ileso.

Cheguei a conclusao que algumas igrejas vivem na busca de fama e reconhecimento, e os poucos membros remanescentes sao considerados radicais, aqueles que decidem se afastar sao considerados desertores, se caso opine contra alguma doutrina e considerado esquerdista de extrema.

Enfim, a religiao deixou de ser movida pela fe, e comeca a andar com os passos da politica utilizando discursos e singles repetitivos. A unica diferenca e que a esquerda nunca vai tomar o poder, por que no caso da religiao o presidente tem mandato eterno.

Ben Scheidt.

Acessos

Search