Monday, 28 September 2009

Educação

Instituto Federal de Santa Catarina terá campus em Palhoça

Através de um projeto do Ministério da Educação de expandir os campi dos Institutos Federais, Santa Catarina ganha mais um investimento na área da educação. E desta vez Palhoça foi à cidade escolhida para sediar uma das unidades mais esperadas.
O IF-SC Bilíngüe. O campus será construído em Palhoça, no bairro Pedra Branca, e tem como objetivo criar um ambiente de estudo para mais de 5.700 mil alunos surdos e mudos espalhados em todo o Brasil, que se encontram excluídos do âmbito escolar ou do trabalho.

A unidade terá aulas em duas línguas, português e libras (linguagem de sinais). O instituto vai atender alunos de todo a América Latina. O terreno já existe e está reservado, só não começaram ás obras devido aos problemas com a licitação do processo. O previsto é que inicio de novembro comecem a construção.
A meta é oferecer cursos técnicos e superiores, tecnólogos e licenciatura, além de pós-graduação. Estão previstas parcerias com a Universidade Federal de Santa Catarina, a Universidade do Estado de Santa Catarina, a Universidade do Vale do Itajaí, Federação Nacional de Educação e Integração de Surdos, a Secretaria de Educação do Estado de Santa Catarina, Prefeituras Municipais, e Banco do Brasil.

Objetivo da nova unidade
O Campus Bilíngüe de Palhoça quer se tornar um centro de referência nacional e latino americano na área da educação, ciência e tecnologia pelo viés bilíngüe. O objetivo principal é desenvolver atividades de ensino, pesquisa e extensão que permitam a formação de surdos e ouvintes para o mundo do trabalho, bem como a formação de profissionais bilíngües (surdos e ouvintes) nas áreas de Licenciatura Plena e de desenvolvimento de tecnologias para o ensino presencial e a distância. A sede terá capacidade para fornecer ensino presencial a 800 alunos e também na modalidade a distância para 1.200 mil alunos. O início das primeiras turmas está previsto para março do ano que vem.

Diretor geral do campus aposta em Palhoça
Segundo o diretor geral do campus, Vilmar Silva, o município de Palhoça possui hoje cerca de 1.400 mil alunos no Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA), o objetivo é estar profissionalizando-os. “O município têm um grande potencial de alunos, com isso, espera-se que o IF-SC Bilíngüe de Palhoça, tenha um grande desenvolvimento ainda nos primeiros anos”, comenta Vilmar, “o ensino é público, gratuito e de qualidade” concluiu o diretor.

O campus também vai contar com toda a infra estrutura que os Institutos Federais já possuem, como restaurante, laboratórios, hotel escola, centro cultural, sala de artes, papelaria além de uma incubadora de talentos que enviarão estudantes para o mercado de trabalho.

Acessos

Search