Wednesday, 14 April 2010

Viver é radical!

Meu estilo de vida é como um bungee jumping. Eu uso a coragem e pulo de cabeça num precipício de olhos bem abertos, pra sentir aquela vibe cortando o peito aceleradamente. Minha família é a corda que me sustenta, que me dá a certeza que nunca vou dar com a cara no chão. A platéia são meus nobres amigos que independente do lugar do mundo onde eu esteja eles estão sempre torcendo por mim.

Nunca parei muito tempo numa cidade, pra não juntar nada que me prenda de viver. Me pergunto pra quê luxo, quando o que se busca é felicidade. Dinheiro é bom e compra destinos maneiros, mas a alegria não vem de brinde na mala. É preciso fazê-la, é preciso criá-la, é preciso vivê-la intensamente.

Os momentos de pura adrenalina, seja por medo ou emoção, é o que chamamos de alegria. Viva a sua vida como se fosse uma “Trip”, junto com seus melhores amigos. Você não deixaria de ir por não possuir os melhores equipamentos. Bem melhor que equipamentos de alta tecnologia, é gargalhar até doer a barriga junto dos seus chegados.

São nesses momentos que percebemos que não nos importamos com o carro que andamos desde que cheguemos ao destino, não nos importamos com grife da roupa, no entanto que não nos deixe pelado na frente dos outros, e não nos importamos com o que tem para o jantar, tanto que mate aquela larica que nos consome.

Estamos nesse mundo de passagem, daqui nada levaremos. Por isso ficar parado num só lugar não leva a nada. É preciso viajar, é preciso conhecer, é preciso viver.

Muitos consideram vida, se formar na faculdade e ficar plantado no escritório juntando grana pra alguma situação de emergência. Viver é uma emergência, as pessoas precisam viver mais, conhecer mais, viajar mais, e aprenderão a ouvir mais, a compartilhar mais, a amar mais.

A única coisa que levaremos dessa trip, ou dessa vida, é aquela sensação que dá na barriga quando se pula de parapente do alto da Gávea, o medo com gostinho de quero mais. Uma sensação inexplicável.

Depois de tantas coisas que fiz não me considero um sujeito radical. Apenas gosto de viver, e o único plano que faço, é o do meu próximo destino. Em breve mandarei noticias da minha trip, ou melhor, vida.

Ben Scheidt

Acessos

Search