Sunday, 25 July 2010

Nao tente entender.

Acho estranho acordar de manha com o gosto da nicotina na boca, sendo que eu odeio cigarros. Estranho sentir a garganta seca sob o efeito do alcool, quando eu sou o senhor saude durante a semana inteira. Nao sei como descobriram, mas acho que essa maneira de curar a solidao, so te deixa alucinado por algumas horas, por que ao deitar na cama, as estrelas que giram carregam o peso do nome de alguma pessoa.

A gente vive tentando entender as coisas do coracao, e confesso que quanto mais eu li, quanto mais eu me interessei em entender, mais eu me perdia. Ja escreviam os mais antigos poetas e escritores sobre o tal labirinto que e nossos sentimentos. Entretanto as fases de gostar de alguem geram duas reacoes nas pessoas, ou felicidade ou angustia. Mas as vezes a felicidade vem recheada com alguns fatores, um deles bem comum chamado distancia, o que te traz uma imensa angustia, e voce ja nao consegue definir se te faz bem, ou se faz mau.

Ja estudei a teoria, passei por provas de fogo na pratica, mas parece que nosso coracao gosta de se arriscar mesmo. E levantar de uma trombada, toma um ar, e ja ta pronto pra outra. E a gente fica questionando ele, por que ? Nao faz isso comigo? Pode parar dessa vez nao ! ...Mas a gente nunca vence. Tenho tentado aprender os segredos pra driblar essas fases de paixoes alucinantes que me acontecem.

Por um lado posso medir meus amores se me fazem bem ou mau, atraves das minhas inspiracoes e composicoes, quando estou muito pra baixo com alguem, nao tem letra que saia e palavra que faca sentido na minha boca, por outro lado, quando o sentimento e bom, os dedos nao dao conta de expressar todo o sentimento. Enfim, a gente nunca vai aprender a lidar com os misterios da nossa vida. Legal e quando tudo esta bem, e voce sente uma sintonia de sentimentos e emocoes, sendo enviadas e recebidas, faz a gente mais completo, traz seguranca e paz, e ao passo de cada dia vamos tendo a certeza do que realmente queremos para o nosso futuro.

Quanto as pessoas perfeitas e pre-destinadas, eu nunca acreditei. Ao inves de vivermos procurando a pessoa perfeita, temos que nos preocupar em sermos melhores amantes para quem nos da valor.

Ben Scheidt ( London - 25/07/10)

Acessos

Search