Tuesday, 27 July 2010

Minha nada certa vida.

Estava a pensar sobre destinos. Muitos dizem que sao pre destinados, outros dizem que tem o poder de mudar o seu destino. Enfim essa e uma questao muito complexa. O que eu viajei hoje e que a gente se pressiona demais em relacao ao nosso futuro. Vivemos numa sociedade que se alimenta de aparencias e bens materias, e nao de estado de espirito e carater, e muitas vezes ter exito profissional, pessoal, e mais que um obejtivo de vida, se torna uma obssessao.

Viajar e conhecer outras culturas diferentes nos faz mudar o angulo e a visao que temos a respeito de muitas coisas na nossa vida. Eu estava num conflito interno, que acho que qualquer homem aos seus 30 anos comeca a ter, (se bem que nomeu caso e precoce por que eu ainda tenho 25), mas a gente comeca a pensar em ficar parado no nosso cantinho, arrumar um trabalho legal, e comeca a sentir a necessidade de formar uma familia, ter filhos, limpar o nosso proprio quintal de casa, brincar com o cachorro na grama, depois comer o bolo que a sua mulher fez, usando aquele avental florido que ela ganhou da sua mae de casamento, e dizer que estava uma delicia, mesmo se estivesse todo abatumado.

Essa e a cabeca de quase todo mundo racional, e claro. Quem nao deseja isso? Mas sabe que tenho quebrado meus paradigmas e pensado de maneiras diferentes suprir as mesmas necessidades, so que de maneira diferente. Pra que ter uma casa e coisa e tal, seu eu posso morar num barco, ter so 2 filhos pra ajudar na tripulacao, uma mulher hippie que saiba fazer peixe assado, e ao inves de limpar o quintal, ficar pescando em alto mar?

Ou por que muitas pessoas, nao podem pensar em comprar um trailler ao inves de uma casa na praia, e usa-lo todos os fins de semana pra estar em lugares diferentes? Por que sempre ir pra mesma casa de praia?

E quando comeco a pensar nisso em relacao ao meu futuro me pergunto? Por que a gente tem que querer morar o resto da vida em um so lugar? Por que nao mudar a cada 5 anos para um lugar diferente? Pelo menos de bairro que seja. E o pensamento continua, e continua viajando em quantas coisas diferentes poderiamos fazer. O duro e que quem tenta ser assim e nao tem a cabeca no lugar comeca fazer besteira, comeca pensar por exemplo: Por que nao posso trocar de mulher a cada 5 anos tambem?

Se bem que isso ja e normal, tem cara que troca de carro 2 vezes durante a vida toda, e troca de mulher todos os anos.
Bom, eu ainda preservo os costumes e principios tradicionais da sociedade, mas estou aprendendo que os planos certos sao para pessoas incertas, que nao sabem manejar a vida. Os planos incertos de vida, caem nas maos das pessoas certas que sabem guiar o leme e prosseguir ate o final. Acho que devo ser uma dessas, por que tem tanta coisa acontecendo em menos de 1 semana que poderia escrever um livro chamado " Minha nada certa vida".

Ben Scheidt ( London 27-07-2010)

Acessos

Search